21 de setembro de 2015

‘Lisbela e o Prisioneiro - Um Musical Circense’ chega a Uberlândia no Mês das Crianças

A graciosa história de amor que cativou o Brasil no Cinema e na Televisão, agora sobe ao picadeiro no Teatro Municipal nos dias 02 e 03 de Outubro, com oito atores, três acrobatas e oito músicos interpretando nomes consagrados, como Caetano Veloso, Pixinguinha e outros.


Autor de obras fundamentais da literatura brasileira, o pernambucano Osman Lins (1924-1978) acreditava que a escrita não pode fazer concessões, nem mesmo no teatro, gênero que via principalmente como entretenimento.
Foi pensando assim que, para escrever ‘Lisbela e o Prisioneiro’ - uma das mais graciosas peças da dramaturgia brasileira – buscou histórias ouvidas por amigos ou familiares no Nordeste, pesquisou expressões, ditados populares e até mesmo frases em para-choque de caminhões.
Na versão musical de ‘Lisbela e o Prisioneiro’, que chega a Uberlândia nos dias 02 e 03 de Outubro, a trama continua a mesma que consagrou inúmeras montagens teatrais e o roteiro cinematográfico de Guel Arraes em 2003.
Porém, a história de amor entre Lisbela (Ligia Paula Machado) e Leléu (Luiz Araújo) está agora no picadeiro. “É puramente um espetáculo circense, maravilhoso, que irá agradar ao público de todas as idades”, afirma o produtor cultural local do espetáculo, André Mello.


Onde o real e a fábula se encontram...
No palco, um universo musical circense, repleto de criatividade e imaginação, é apresentado por oito atores, oito músicos e três acrobatas circenses com diversos números, como trapézio, lyra, tecido acrobático, corda indiana, malabares, clown, mágica e acrobacias de solo, sob coordenação do artista circense, Roger Pendezza, que optou por uma concepção baseada no artista mambembe brasileiro. 
Além disso, coreografias de ballet, forró, samba, roller dance e ballet contemporâneo levam o público ao deleite, juntamente, com canções de grandes nomes da música, como Zé Ramalho, Pixinguinha, Dominguinhos, Filipe Catto, Caet
ano Veloso, João Pernambuco, entre outros.
A criação do espaço cênico, inspirada nos circos itinerantes do século passado que eram totalmente móveis, permite diversas combinações cenográficas durante a peça, como uma grande caixa surpresa. 
Já os figurinos, foram pensados como uma atualização dos tipos clássicos do circo teatro, com o cômico, a trapezista e o apresentador, por exemplo, só que em um novo desenho, de acordo com as personagens e aproveitando materiais essencialmente brasileiros: rendas, cordas e bordados, com criações do premiado cenógrafo e figurinista, Kleber Montanheiro.
Todo trabalho dessa grande produção é coordenado pelos diretores, Dan Rosseto e Ligia Paula Machado, e pela supervisora artística, Francisca Braga.

Serviço: 
O quê: Lisbela e o Prisioneiro
Quando: 02 e 03/10 (21h)
Onde: Teatro Municipal de Uberlândia – Av. Rondon Pacheco, 7070 – (34) 3235-1568
Ingressos à venda em:
www.megabilheteria.com: 24h por dia; 
Bilheteria do Teatro Municipal: das 12h às 18h;
Preços: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia) *Aceita-se Cartões de Crédito e Vale Cultura da Sodexo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog