11 de maio de 2015

'Doidas e Santas' tem direção de Ernesto Piccolo

Espetáculo estreia nesta sexta (15) no Teatro Municipal de Uberlândia, sob comando de um dos maiores diretores do Brasil, premiado por trabalhos no Teatro, na TV e no Cinema.  


No dia 21 de junho de 1962 nascia um menino no Rio de Janeiro que estaria destinado a fazer história e contribuir muito para a cultura brasileira. Enquanto muitos garotos aos 12 anos brincavam de bola, ele brincava de fazer teatro, e o que era apenas uma brincadeira tornou-se profissão por paixão.
O menino cresceu e vemos o seu nome em diversos jornais. Ernesto Piccolo, diretor de Doidas e Santas, começou sua carreira ainda na infância entrando para a escola de teatro, ‘Tablado’. Em 1981, estreava na novela Jogo da Vida, e com 23 anos começava a dar aulas de teatro para posteriormente acumular a função de diretor.
Alguns dizem que ele é workaholic, pois dirige mais de dez peças ao mesmo tempo.
Na TV, Ernesto tem uma trajetória marcante também como ator. Atuou em mais de dez novelas e também fez seriados como “Carga Pesada” (2003), “A Diarista” (2003), e Casos e Acasos (2008).
No Cinema fez mais de cinco filmes e ganhou prêmios importantes, como: “Melhor Ator” por “Açaí com Jabá”; “Melhor Ator" no Festival de Cinema de Brasília pelo curta-metragem "Como Ser Solteiro", que também recebeu o Prêmio de Melhor Curta no Festival de Gramado em 1996; entre outros.
Como diretor, iniciou seu primeiro trabalho em 1992 com o musical infantil “A guerrinha de Tróia”, pelo qual recebeu o Prêmio Coca Cola. Foi também quem dirigiu a aclamada peça “Divã” com Lilia Cabral, indicada duas vezes ao Prêmio Shell.

Em Uberlândia, Piccolo dirige Cissa Guimarães, Oscar Magrini e Josie Antello
Neste fim de semana, de sexta a domingo, a população do Triângulo Mineiro poderá prestigiar mais uma peça teatral dirigida por Ernesto: “Doidas e Santas”, comédia romântica sobre o poder transformador da coragem e do afeto.
Na trama, Piccolo dirige o texto de Regiana Antonini que traz a história da psicanalista Beatriz, interpretada por Cissa Guimarães. Beatriz é uma mulher que vive as dificuldades da vida contemporânea e se desdobra para conciliar casa, trabalho e família. Cansada dos problemas com Orlando (Oscar Magrini) um marido que está a cada dia mais distante e incompreensivo, a filha adolescente, e a mãe (Josie Antello) que resolveu dividir o mesmo teto com a filha e os netos, Beatriz decide mudar o rumo de sua história. Ela se separa do marido com o desejo de viver novamente o prazer da juventude. Mas de repente ela sente um vazio, é quando tenta descobrir onde está a tão sonhada felicidade.
A peça dirigida por Ernesto é inspirada no livro homônimo de Martha Medeiros e como tantas outras coordenadas por ele, está fazendo muito sucesso. A encenação foi vista por mais de 200 mil pessoas e teve mais 400 apresentações em uma turnê por doze cidades.

SERVIÇO:
O quê: Espetáculo ‘Doidas e Santas’ com Cissa Guimarães, Oscar Magrini e Josie Antello
Quando: 15, 16 e 17 de Maio - Sexta e Sábado (21h) / Domingo (18h)
Onde: Teatro Municipal de Uberlândia – (34) 3235-1568 / 3224-1674
Ingressos à venda na GRETA CAUÊ MAISON - Av. Rondon Pacheco, 1413 – (34) 3231-5151 (estão encerradas as vendas com cartões de crédito)
Preços: 
Poltronas centrais - Inteira: R$ 80,00 / Meia-entrada: R$ 40,00
Poltronas laterais - Inteira: R$ 40,00 / Meia-entrada: R$ 20,00


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog