9 de abril de 2015

Exposição ARTE FOTOMICROGRAFIA será lançada nesta semana em Uberlândia

Com entrada franca, mostra fica em cartaz na Casa da Cultura.
 
Maria Inês Machado
A exposição ARTE FOTOMICROGRAFIA, de Maria Inês Machado, cuja abertura será na próxima sexta-feira (11), consiste em um conjunto de imagens obtidas a partir de Fotomicrografia ótica ou de tecnologia eletrônica, através das quais um mundo infinitamente pequeno é desvelado em uma concepção estética na qual o real se aproxima da ficção e a emoção que nos causa é sua virtude primordial.
A doutora em Ciências pela USP (Universidade de São Paulo), que após uma vida inteira dedicada ao ensino e à pesquisa na área das doenças tropicais e sanitarismo transpõe sua vivência em microscopia ótica para o universo das Artes, explica que a Fotomicrografia é uma técnica fotográfica utilizada na obtenção de imagens ampliadas que permite observar detalhes de estruturas não visíveis à vista desarmada, e que a qualidade e ampliação da imagem em Fotomicrografia depende do tipo de microscópio.
“O ótico de luz, produz ampliações de imagem de 100 a 1000 vezes, por exemplo; o eletrônico devarredura ou transmissão permite aumentos de 5 mil a 500 mil vezes; e a microscopia eletrônica de tunelamento quântico amplia a potência visual do olho humano cerca de 1 milhão de vezes e em 100 vezes a capacidade do microscópio eletrônico”, detalha.
Um dos objetivos da mostra de Maria Inês é também ampliar o leque de ferramentas do qual podem se servir fotógrafos, artistas, ou interessados em intervir sobre imagens fotomicrográficas. “Através da Fotomicrografia é possível construir novas ideias visuais e dialogar com outras áreas além da fotografia, como desenho, pintura, estamparia, entre outras”, pontua a cientista visual.

À frente de seu tempo
A fotomicrografia de Maria Inês Machado não pode ser considerada uma arte digital, uma vez que não inventa imagens em suas fotos, não altera seu conteúdo e não recria situações inexistentes a fim de manipular as aparências.  Mas são imagens que surpreendem até mesmo a pessoas que estão acostumadas com o micro-universo.
A cientista e histologista, Dra. Eloisa Ferro, doutora também pela USP e com pós-doutorado na Itália, foi parceira de Maria Inês na preparação de alguns materiais para fotomicrografia.
Ela conta que quando conheceu Maria Inês na década de 90, encantou-se com o olhar da cientista, que parecia estar sempre avante de seu tempo, e enxergar além do óbvio.
O trabalho dela surpreende não só ao leigo, mas também especialistas como eu. Através do olhar dela, eu comecei a me surpreender com um mundo que a mim deveria ser familiar. Sinto como se ela fosse capaz de tirar um véu dos nossos olhos”, diz Dra. Eloisa Ferro.
E não são somente as imagens dessa mostra que surpreendem, mas também o meio que a artista utilizou para dar-lhes suporte.
As imagens fotomicrografas por Maria Inês Machado foram impressas em tecidos leves e finos, que podem ser usados como acessório de moda.“Esta é uma forma de divulgar a Fotomicrografia experimental, sua ressignificação estética e inclusão na cultura visual contemporânea. Espero assim colaborar para a construção de novos públicos e novos olhares”, completa Maria Inês Machado.

Mais sobre Maria Inês Machado
Após quatro décadas de docência e pesquisa científica nas instituições USP, UFU e UNIMINAS, Maria Inês Machado ingressa em 2011 no curso de Graduação em Artes Visuais da UFU, e mesmo impossibilitada hoje de frequentá-lo devido a um Câncer de Mandíbula pelo qual já passou por seis cirurgias, decide dedicar-se à prática da Fotomicrografia Experimental e atuar nas interfaces da Arte-Ciências.
Em 2012, cria o seu ateliê laboratório, ALEF - Ateliê Laboratório de Experimentação em Fotomicroscopia, instalado em Uberlândia onde realiza estudos experimentais em fotomicroscopia ótica. A produção intensa da cientista visual inclui desenhos e intervenções em imagens de nanotecnologia demonstrando a transversalidade de diálogos da Fotomicrografia com diferentes práticas das Artes Visuais.
O processo criativo e a concepção não cientificista desta prática em Fotografia serão divulgados juntamente com os conteúdos teóricos práticos, os fundamentos operacionais e as tecnologias disponíveis no site www.MIMartefotomicrografia.com.br a partir da abertura da exposição ARTE FOTOMICROGRAFIA em Uberlândia (MG). 
E ainda: sua produção cientifica e acadêmica está disponibilizada em http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4787866D9


Serviço:
O quê: Exposição ARTE FOTOMICROGRAFIA
Quando: Abertura - 10 de Abril das 20h às 22h
Visitação aberta ao público: 11 de Abril a 19 de Maio – 12h às 18h
Onde: Casa da Cultura – Praça Coronel Carneiro, nº 89 – Fundinho - Uberlândia (MG)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog