25 de março de 2015

Ciência vira Arte pelo olhar de Maria Inês Machado

ARTE FOTOMICROGRAFIA chega à Casa da Cultura em Uberlândia no dia 10 de Abril.

Asa de Borboleta - Foto Maria Inês Machado

Célula e Bacilo da Tuberculose - Foto Maria Inês Machado

Em breve, Uberlândia irá conhecer o trabalho da cientista visual, Maria Inês Machado, por meio do qual se pode perceber que “Ciência e Arte andam de mãos dadas”.
A afirmação é do artista têxtil, Edmar Almeida, uma das pessoas que conhece bem a obstinação desta Doutora em Ciências pela USP (Universidade de São Paulo), que agora brinda a cidade com o resultado de anos de experimentações.
“Nos últimos anos, Maria Inês vem se dedicando à Arte com o mesmo empenho sistemático com o qual se dedicou por 40 anos à pesquisa científica. Movida por uma poderosa intuição, ela abre portas para um mundo absolutamente novo”, diz Edmar ao falar da exposição ARTE FOTOMICROGRAFIA, que irá apresentar, na Casa da Cultura, em Uberlândia, 50 peças fotomicrografadas por Maria Inês Machado e impressas em tecidos finos e leves.
“Leonardo da Vinci, nas suas anotações visionárias sobre a Arte, dizia que o micro ampliado ao macro produziria imagens reveladoras. E, assim, Maria Inês Machado, com seu olhar perscrutador, busca nas primeiras manifestações da Vida, numa gota de sangue, numa semente, no fragmento de uma pata de inseto, numa limalha de ferro, numa lágrima humana ou animal, uma existência além dos véus do mundo visível”, pontua Edmar.
Para a própria cientista visual, esta exposição é resultado de seu encantamento com a Fotomicroscopia.  “É uma mostra que, assim como o mundo real não visível, nos permite ir além do nosso sentido comum”, diz.

Arte do Futuro
Hoje, como artista, Maria Inês Machado desfruta da liberdade daqueles que ousam adentrar territórios inexplorados ao remodelar a experiência científica, construindo seu próprio conteúdo poético-micro-estético.
Nesse percurso, permeado de imagens, interferências e formas topográficas inéditas em suportes originais, como tecidos leves e finos, busca dialogar com as transformações da sociedade.
As peças de sua exposição são objetos de arte usáveis, acessórios de moda exclusivos pela beleza e singularidade das surpreendentes imagens que trazem à tona.
“Ela está inaugurando uma nova maneira de ver as coisas, e nos pega de surpresa. Está fazendo uma Arte do futuro, uma Arte para as próximas décadas. Arte, em que a Vida se superpõe à morte, rasgando os limites da nossa finitude humana”, completa o artista têxtil, Edmar Almeida.

Serviço:
O quê: Exposição ARTE FOTOMICROGRAFIA
Quando: 10 de Abril a 19 de Maio – 12h às 18h
Onde: Casa da Cultura – Praça Coronel Carneiro, nº 89 – Fundinho - Uberlândia (MG)

Entrada Franca

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog