10 de novembro de 2014

Projeto social de Uberlândia é indicado ao Prêmio Anu da CUFA

Central Única das Favelas tem os rappers MV Bill e Nega Gizza como referências respeitadas pelo empenho e dedicação às causas sociais.

Foto: Douglas Luzz

O Projeto ‘Oficinas de Canto Teatro e Percussão’, realizado pelo Grupo EMCANTAR em Uberlândia (MG), foi indicado à 4ª edição do Prêmio Anu. Idealizado pela CUFA (Central Única das Favelas), o prêmio tem como principal objetivo destacar ações de toda natureza desenvolvida dentro de favelas de todo o país, que contribuam para o desenvolvimento humano e social desses espaços.

Ao identificar ações que tragam um novo significado para esses territórios e novas formas de interação, a CUFA, por meio do Anu, volta o olhar para essas iniciativas que colaboram direta ou indiretamente para a melhoria de vida dos moradores, desconstruindo assim o estigma imposto a essas comunidades e suas populações.

“Oficinas de Canto, Teatro e Percussão” é um projeto social de arte-educação com foco  na vivência e criação em linguagens artísticas integradas a partir da realização de oficinas  semanais com cerca de 30 crianças e adolescentes alunos de escolas públicas do setor leste de Uberlândia-MG.

“O trabalho de formação resulta na produção de uma apresentação artística inédita e na realização de um evento de mobilização cultural na região leste de Uberlândia. Porém nosso maior objetivo é contribuir para o desenvolvimento humano dos participantes de forma sólida e significativa”, afirma Ana Carolina Ferreira, coordenadora pedagógica do Projeto.

Gabriela Martins Borges, de 13 anos, afirma a importância do Projeto Canto, Teatro e Percussão em sua vida. “Para mim, o projeto é muito importante, porque foi aqui que aprendi a me comunicar com o mundo, a levar o que penso a outras pessoas de forma simples e que me compreendam. Isso eu sei que vai ser importante por toda minha vida”, afirma Gabriela.

O Projeto Oficinas de Canto, Teatro e Percussão já em seu segundo ano de realização, é apresentado pelo Ministério da Cultura e Instituto Algar, realizado pela Associação EMCANTAR, em parceria com o Programa Transforma por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Para saber mais é só acessar: www.tecnologiaescutatoria.blogspot.com 

A CUFA
É uma organização sólida, reconhecida nacionalmente pelas esferas políticas, sociais, esportivas e culturais. Foi criada a partir da união entre jovens de várias favelas do Rio de Janeiro – principalmente negros – que buscavam espaços para expressarem suas atitudes, questionamentos ou simplesmente sua vontade de viver. A organização tem o rapper MV Bill como um de seus fundadores, este que já recebeu diversos prêmios devido à sua ativa participação no movimento Hip Hop. Além dele, a CUFA conta com Nega Gizza, uma forte referência feminina no mundo do Rap, conhecida e respeitada por seu empenho e dedicação às causas sociais.

EMCANTAR
Com 17 anos de trajetória, o EMCANTAR é uma associação que desenvolve atividades de formação social, cultural e ambiental com crianças, adolescentes, educadores e pessoas da comunidade em Uberlândia e Araguari (MG). Atua também como grupo artístico, por meio do qual já realizou mais de 600 apresentações musicais e lançou cinco álbuns: EMCANTAR (1999), MUTIRÃO (2003), PARANGOLÉ (2009), ESCUTATÓRIA (2012) e ENTREDENTES (2013). Conheça mais: www.emcantar.org

Instituto Algar
A Algar acredita que a educação é o caminho que vai levar o Brasil a uma realidade melhor. É por isso que, desde 1994, o Grupo investe em programas sociais voltados à comunidade, com objetivo de contribuir para a melhoria da qualidade da educação brasileira. Essa decisão da Algar é operacionalizada, desde 2002, pelo Instituto Algar e reflete o compromisso com a sustentabilidade, que permeia todas as ações do Grupo. São três programas sociais* que juntos chegam a 20 cidades, 130 escolas, 4 mil alunos, 300 educadores e a participação voluntária de 640 associados da Algar. (*Dados referentes a 2013). Dentre eles, o Programa Transforma, que atende 09 bairros de Uberlândia com objetivo de promover o desenvolvimento humano de alunos do ensino fundamental e médio realizando ações de Educação Integral no contra turno escolar. Saiba mais em: www.institutoalgar.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog