1 de outubro de 2014

PDCA ENGENHARIA renova certificação PBQP-H – Nível A

Selo é garantia de que a empresa está em conformidade com as normas de construção. Além disso, é exigência para atuação nos programas habitacionais do governo. 
Divulgação 

Um selo chamado PBQP-H, cuja sigla significa “Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade no Habitat”, é o que indica se uma empresa do ramo da construção civil está, e em que medida, de acordo com as normas e exigências do governo federal que dizem respeito a processos de construção.
O selo é também exigido para atuação no programa habitacional, Minha Casa Minha Vida. 
“Para participar do Programa, a construtora, além de estar com todas as suas obrigações legais em dia, deve portar o selo PBQP-H com classificação mínima, nível D”, explica o gerente administrativo da PDCA ENGENHARIA, construtora que acaba de renovar sua certificação em Nível A.

Auditorias
Nos dias 24, 25 e 26 de setembro, a empresa foi auditada em várias obras pelo Bureau Veritas, órgão líder mundial em auditorias nesta categoria. 
“Estamos muito felizes com a aprovação em Nível A. Portar o selo significa estar em conformidade de serviços e obras, qualidade de materiais, formação e requalificação de mão-de-obra, normalização técnica, capacitação de laboratórios, avaliação de tecnologias inovadoras, informação ao consumidor e promoção da comunicação entre os setores envolvidos”, diz o Gerente de Planejamento da PDCA, que acompanhou o processo de auditoria na empresa, Márcio Casonato.

PDCA ENGENHARIA
A PDCA ENGENHARIA está fazendo 19 anos de mercado. Com sede em Uberlândia (MG) e atuação em mais de 20 cidades brasileiras, foi responsável pela construção de grandes obras em Uberlândia e região. Atualmente, focada no Programa Minha Casa Minha Vida, está atingindo a marca de 10 mil casas populares entregues e orgulha-se de portar o selo PBQP-H – Nível A, o qual vem renovando desde 2002 e foi a primeira construtora a possuir em Minas Gerais. Para saber mais, acesse: www.pdcaeng.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog