5 de setembro de 2014

Espetáculo “A Cor Sem Lugar Algum” será apresentado em Uberlândia nesse final de semana

Inscrições para oficinas gratuitas com grupos de teatro do Projeto CASA ABERTA COLETIVO NAS GERAIS podem ser feitas pelo blog www.trupecasaaberta.blogspot.com.br até dia 12/09.

Foto: Divulgação 

O Projeto CASA ABERTA COLETIVOS NAS GERAIS, que está sendo realizado em Uberlândia pelo grupo de teatro Trupe de Truões, teve início em agosto com diversas
atividades, incluindo espetáculos teatrais, oficinas e workshops.
Agora, neste primeiro fim de semana de setembro, o Projeto convida o público para assistir a peça: “A Cor Sem Lugar Algum”.
Apresentado pelo grupo uberlandense GALHOFAS-MG, este espetáculo é inspirado na obra do mestre da literatura infantil, Ziraldo.
“A peça é sobre uma cor solitária, sem objeto que a represente e que anda pelo mundo à procura de algo que tenha sua cor”, conta Tatiana Oliveira, atriz do grupo GALHOFAS-MG.
No decorrer da história, o público é convidado a participar dessa aventura com músicas, brincadeiras e jogos tradicionais.

E ainda:
Para participar das oficinas e workshops que serão realizados em setembro pelo Projeto CASA ABERTA COLETIVOS NAS GERAIS, ministrados pela Trupe de Truões no dia 17/09, e pelo grupo Zabriskie de Teatro (GO) no dia 19/09, os interessados podem se inscrever gratuitamente através do blog www.trupecasaaberta.blogspot.com.br até sexta-feira, dia 12/09.

Serviço:
O quê: A Cor Sem Lugar Algum
Quando: Sábado (06) e Domingo (07) – 19h
Onde: Ponto dos Truões - Av. Ana Godoy de Souza, 381, Santa Mônica – Uberlândia (MG)
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Acesse: www.trupecasaaberta.blogspot.com

Sobre o Galhofas-MG:
O grupo teatral “GALHOFAS-MG” surgiu em 2009 com a união de jovens graduandos do Curso de Teatro da Universidade Federal de Uberlândia – UFU. Desde então o grupo busca aprofundar sua pesquisa sobre a plasticidade da cena, passando por gêneros distintos como teatro do absurdo, palhaço, infanto-juvenil, contação de histórias e intervenção urbana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog