23 de julho de 2014

EMCANTAR exibe vídeos no ‘Cultura em Movimento’

Produções foram realizadas por crianças e adolescentes que participam dos projetos sociais de arte e educação.

Foto: Douglas Luzz

Crianças e adolescentes dos projetos sociais de arte e educação desenvolvidos pelo EMCANTAR, no bairro Alvorada, irão participar do evento, especialmente, para assistir, às 19h, aos vídeos selecionados para a exibição de curtas do ‘Cultura em Movimento’.

No evento, que acontece no próximo sábado (26), o Cultura em Movimento promoverá gratuitamente no Parque do Sabiá atividades como contação de histórias para crianças, palestras, exibição de curtas metragens, ainda contará com espaço literário aberto ao público

Alguns dos curtas escolhidos para exibição foram produzidos nas oficinas de audiovisual das quais participam sob coordenação do EMCANTAR. “Acreditamos que levá-los a um evento que promove e valoriza a cultura local estimula ainda mais nossas crianças a criar e desenvolver suas habilidades artísticas”, diz Ana Carolina Ferreira, coordenadora pedagógica de projetos sociais.

Nesse ano, o projeto, através do qual o EMCANTAR desenvolve oficinas de literatura e audiovisual com alunos das escolas municipais e estaduais do setor leste de Uberlândia, chama-se Tecnologia Escutatória. É realizado por meio da Lei de incentivo à Cultura, com apoio do Instituto Algar através do Programa Transforma. Para conhecer mais, acesse: www.tecnologiaescutatoria.blogspot.com.br

‘Cultura em Movimento’
O projeto ‘Cultura em Movimento’ promoverá gratuitamente, a partir das 14h, no dia 26 de julho, no Parque do Sabiá, atividades que contextualizam arte e conhecimento, tudo numa atmosfera lúdica, interessante e estimulante.
O Parque do Sabia será palco para o cinema ao ar livre, onde serão projetados os curtas-metragens de profissionais locais, além de palestra com a escritora Leila Ferreira e espaço para que escritores renomados de Uberlândia possam divulgar seus livros. Haverá também Contação de Histórias para crianças com a Vovó Caximbó.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog