19 de junho de 2013

Exibição inédita do Especial EMCANTAR será neste sábado pela TV Integração
Especial produzido a partir do espetáculo Escutatória será veiculado às 10h20, para 234 cidades mineiras. 

Divulgação

Natural de Araguari, no Triângulo Mineiro, o grupo EMCANTAR chega agora às casas de milhões de pessoas pelo sinal da TV Integração, afiliada Rede Globo, com exibição inédita do Especial EMCANTAR neste sábado, às 10h20, para 234 cidades do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba, Centro-oeste de Minas, Zona da Mata, Campo das Vertentes e Serra da Mantiqueira. 

O Especial surgiu a partir do espetáculo Escutatória, lançado em 2012 e apresentado em 8 cidades para cerca de 10 mil pessoas.

“Esta é uma oportunidade de levarmos a cultura até a casa destas pessoas com uma produção artística de qualidade produzida no interior de Minas Gerais”, comemora Maíra Ávila, gestora de comunicação e artista do EMCANTAR. 

De acordo com Alexandre Soares, diretor de programação da TV Integração, esta parceria com Grupo EMCANTAR baseia-se na missão da emissora em contribuir para o desenvolvimento de mercado e de pessoas. “Nossas diretrizes estão voltadas para valorização da cultura local e regional. A atuação do EMCANTAR contribui perfeitamente com estes pilares. Assim, justifica-se todo apoio na produção e divulgação deste trabalho na nossa grade de programação”, explica Soares. 

Exibição inédita será logo após a TV Globinho, às 10h20, e terá duração média de 60 minutos. Conforme dados da emissora, o Especial EMCANTAR deve atingir um público médio de 5,5 milhões de espectadores.


EMCANTAR

Nestes 15 anos de trajetória, EMCANTAR lançou quatro álbuns: EMCANTAR (1999), MUTIRÃO (2003), PARANGOLÉ (2009) e ESCUTATÓRIA (2012). Último é um Livro-CD composto por 14 canções e um conto que são a base do espetáculo de mesmo nome.

Empolgante e original, ESCUTATÓRIA mescla música, dança e teatro. Os artistas em cena encarnam personagens de um mundo lúdico que remete ao conto Vagamento Pensalume, de Marco Aurélio Querubim, e aos costumes da tradição popular mineira. “O ato de contar histórias é o mote e elemento integrador de toda a apresentação, em que textos, objetos de cena e canções ganham vida, se misturam, fazendo valer a máxima de que "quem conta um conto aumenta um ponto", diz Querubim, que é autor do conto.

No segundo semestre, o grupo sairá em turnê para apresentação do Escutatória nas cidades de Uberlândia, Uberaba, Araxá, Divinópolis, Belo Horizonte, Juiz de Fora, Franca, Ribeirão Preto e Goiânia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog